Resultado é bem-vindo, mas requer cautela

Estudo Diz Que Combinar AstraZeneca E Pfizer Induz Boa Resposta Imune

Prefeitura do Rio autorizou que grávidas tomem a primeira e a segunda dose com a combinação das duas vacinas, a chamada intercambialidade. Pesquisadores dizem que mudança é bem-vinda, mas pedem cautela.

Em síntese, os cientistas consideraram que, “dadas as associações estabelecidas entre as respostas humorais [de anticorpos] e a eficácia da vacina,” os resultados indicaram que os dois esquemas de vacinas diferentes – fossem AstraZeneca + Pfizer ou Pfizer + AstraZeneca – eram, provavelmente, “altamente eficazes”, e poderiam ser considerados, em algumas circunstâncias, em programas nacionais de vacinação.

Resultado é bem-vindo, mas requer cautela

Para a professora de imunologia Deborah Dunn-Walters, da Universidade de Surrey, no Reino Unido, os resultados da pesquisa são bem-vindos.

“Mostra que todas os esquemas possíveis envolvendo a AstraZeneca/Oxford e a Pfizer/BioNTech geram uma forte resposta imunológica contra Covid-19″, declarou a cientista ao Science Media Centre, agência de notícias independente sobre ciência no Reino Unido.

O que fica claro a partir dos dados apresentados é que a inclusão de pelo menos uma dose da vacina Pfizer induz uma resposta imune mais forte do que a da AstraZeneneca sozinha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.